7.6.13

Eu Acuso! - Liberdade Presumida (2013)



Eu Acuso! foi um famoso manifesto escrito por Émile Zola e publicado no jornal L'Aurore, direcionado ao presidente francês em que abordava as injustiças do julgamento do Capitão Dreyfus, tido como traidor da França. Este manifesto foi um marco na luta contra o autoritarismo, e é com este forte título que de Porto Alegre surge a Eu Acuso!, mesclando o heavy metal com o rap e o funk setentista. Nesse ano de 2013 o conjunto formado por Sandré Sarreta (voz), Carlos Lots (guitarra), Marcelo Cougo (baixo) e Ale Mendes (bateria) lançam o disco intitulado "Liberdade Presumida" que contém 10 cantigas que mesclam o metal com rock, sempre com letras inteligentes e de protesto. As variações de composição dentro de uma música e os destacados riffs ditam um ritmo diferente na audição, fazendo o ouvite prestar atenção em cada cantiha, onde eu destaco as músicas "Bala Perdida", "Choveu Sangue na Cidade", "Lona Preta", "Não Conte A Ninguém" e "Olho Por Olho/Sangue Por Óleo" além do destacado vocal de Sandré. A bolachita foi produzida pela própria banda e por Felipe Haider. As belas ilustrações levam o rabisco de Ronaldo Sabin e o projeto gráfico fica por conta do vocalista da banda Sandré Sarreta. o que impressiona é qualidade das gravações e do registro como um todo, material feito com o máximo de perfeição possível. A sonoridade soa bem original, diferente do que se ouve por aí, taí mais uma banda nova que compensa conhecer!

Obs.: Agradecimentos ao pessoal da banda pela cortesia do material!

Página da banda: Eu Acuso!

Ouça o disco "Liberdade Presumida" aqui:

Download:

1 comentários: