ALZHEIMER PODCAST

pra esquecer das coisas ruins, pra lembrar das coisas boas

MARY O AND THE PINK FLAMINGOS

Surf-punk psicodélico do jeito que diabo gosta

PAQUETÁ

O fino do surf music underground

27.3.16

Discos que Pioraram a Minha Vida #06 - Cólera - Pela Paz em Todo Mundo


Voltando com a session que eu mais gosto de rasurar neste podre espaço, o "Discos que Pioraram a Minha Vida" chega com um clássico que dispensa indicações pra quem gosta do punk-de-faquinha. A primeira coisa que pirei quando tive contato com o LP foi a escrita em vários idiomas (seis) do título "Pela Paz em Todo Mundo". Até aquele momento eu gosta muito dos Ramones, alguma coisa de Ratos de Porão e minha base mesmo era o Rap Nacional. 
Quando ouvi pela primeira vez, de cara me identifiquei com a faixa "Medo", "Direitos Humanos", "Vivo Na Cidade", "Adolescente" e "Pela Paz". Os simples acordes, as letras diretas com forte apelo de luta e sonho me ganharam e fiquei ouvindo o disco por um bom tempo, sempre depois que chegava da aula. Até então eu não sabia muito sobre o Cólera e nem sobre a figura do Redson, a partir de todo o enredo do disco que passei a admirar que fui procurar saber mais sobre a banda, sobre a luta do proletariado, soube mais sobre as diversas ramificações dentro do punk, passei a ser mais contundente em minhas ideias, e isso abriu a porta pra que eu conhecesse outras coisas muito mais agressivas, e passei a ler muito mais. 
Logicamente que com o passar do tempo as músicas foram fazendo mais sentido em minha vida, a mensagem universal de pedido de paz entre os povos e toda a força do punk que se faz presente em cada segundo do registro. Em tempos de guerras partidárias, intolerância atingindo níveis preocupantes, ideias fascistas sendo propagadas nas ruas e nos meios de comunicação, esse disco deveria voltar para as plataformas sonoras com um impacto mais forte de quando foi lançado nos perdidos de 1986. Pois o disco é uma aula sobre direitos humanos, sobre o amor ao próximo, sobre respeito, sobre lutas, sobre sonhos e que somos todxs iguais, o que nos separa é a distância. Se você ainda não ouviu, esse é o momento ideal. Obrigado Redson e banda!

Ouça o disco aqui:


Leia as edições anteriores do "Discos que Pioraram a Minha Vida"

24.3.16

Insomnio: O Podcast que você precisa ouvir



Insomnio é um podcast maravilhoso e uma das boas alternativas pra você nocegar na frente do pc do trampo entediante. Explorando essencialmente as melhores coisas já produzidas dentro do hardcore/punk (garage rock, cantigas boas...), o projeto sonoro é de autoria de Daniel Amaral, clandestino nas cordas finas da magnífica Gulag e trazedor dos melhores shows para o nosso centro-oeste. O esquema é uma ótima oportunidade pra você ampliar as suas possibilidades dentro do rock feito no subterrâneo, e claro, lascar com o seu ordenado mensal procurando por materiais de tais bandas. O podcast já está na edição 35 e pode ser ouvida no youtube, sem essas porra de deezer, spotify e uscambal, justo para todxs, iniciativa massa e boa pra passar para as amizades mais lerdas. Foda-se o monopólio da programação sonora das rádios, isso aqui é o que rola, e tenho dito!


Página: Insomnio


Pra ouvir

22.3.16

Show de relançamento do primeiro disco da banda O Inimigo em vinil.





A já clássica banda de hardcore paulista O Inimigo, faz hoje (24 de março, quinta-feira, 21 horas e 30 minutos) o show de relançamento do seu primeiro disco "Cada Um Em Dois", gerado originalmente em CD e agora chega ao subterrâneo em formato LP e tendo a Nada Nada Discos como o selo que colocou essa maravilha pra rodar na agulha. O disco é uma referência do hardcore/punk nacional do começo dos anos 2000 e entraria fácil para a série que tenho neste sítio intitulada "Discos que Pioraram a minha Vida". O show acontece na Comedoria do Sesc Pompeia, e a boa notícia é que os 50 primeiros pagantes levam o vinil pra casa (limitado em cor branca) e o poster do show em silkscreen assinado pelo artista (igual pedreiro) Guilherme Bacellar. Além desses aperitivos, a banda toca o disco na íntegra e ainda será a oportunidade de presenciar o vocalista Kalota pela derradeira vez nos gargarejos do microfone, já que o cabra descansa depois de 15 anos com o conjunto. Vale lembrar ainda que a banda é quase (ou é) um dream team do hardcore/punk nacional, com talentos que tocam ou tocaram em bandas como Point of no Return, Kangaroos in Tilt, CPM 22, Ratos de Porão, Discarga, Againe e por aí vai...
Bom, acho que motivos não faltam, e se você for próximo da localização da apresentação (ou consiga chegar lá até o início do rolêt), é só chegar que o esquema vai ser histórico!



Ouça/conheça o disco "Cada Um em Dois" aqui:

10.3.16

FLICTS em Goiânia pela primeira vez e lançamento do disco "Balões de Ar" da banda Señores





No dia 11/03, sexta feira, no Studio Way (Rua 242, n° 222, Setor Leste Universitário, ao lado do Matuto Bar), a noite é de punk rock.

Na festa de lançamento de seu terceiro álbum, o "Balões de Ar", o SEÑORES, recebe os amigos da PEDRADA e LOBINHO E OS TRÊS PORCÃO. 

Completando a noite, vindos de São Paulo, uma das maiores bandas de punk rock nacional, FLICTS.

E para comemorar esse marco, todos os que comparecerem ao evento (a entrada custa apenas R$ 10), receberão de presente o novo Cd do Señores, o "Balões De Ar". Caso você já queira ouvir as músicas, o álbum pode ser ouvido e baixado gratuitamente também em:www.senores.com.br 

Esperamos a todos que fazem parte da história do Señores, que curtem as bandas e que apoiam a cena independente goiana.

Até o dia 11!

11/03/2016 - Sexta-Feira - Studio Way
Lançamento do "Balões de Ar"
R$ 10 (Entrada + CD "Balões De Ar")
Señores
Flicts (SP)
Lobinho E Os Três Porcão
Pedrada


Link do evento: https://www.facebook.com/events/671426032999339/

Señores - Balões de Ar (2016)





Señores é uma banda clássica do cenário underground goianiense, e eu conheci a banda lá atrás quando eles lançaram o incrível "Ninguém é Señor de Ninguém". Desde então sempre acompanho quando possível, e nesse começo de ano fiquei grato em ver a banda lançando um novo registro. Fred Saddi, Rafael Saddi e Mauro Ramone formam o power trio e o disco em questão chama-se "Balões de Ar", terceiro disco da banda e que marca a quebra de um hiato de 9 anos sem lançar algo inédito. O disco é conceitual, construído em 18 faixas que contam a história de uma sociedade do futuro que sofre pela falta de ar, roubada por cientistas financiados pelo Estado e por grandes empresários. As pessoas passam a comprar balões de ar, e todo o enredo é contado por dois personagens, Mikhail e Carlos. Mikhail é um jovem escritor anarquista que tem uma filha vítima de experiências científicas num hospital público e então decide lutar contra o governo e contra o comércio dos balões de ar. Carlos é um jovem trabalhador que salva a vida de Mikhail e transforma como melhor aliado na luta contra o Estado. O disco é dividido em capítulos e as músicas se interligam, fazendo desse registro uma verdadeira obra prima do punk rock nacional. Qualquer pessoa que está inserida nesse subterrâneo sonoro e identifica-se com o punk, ideias libertárias e combatentes esse disco é mais que recomendado. Este, sem dúvida é um dos grandes lançamentos do ano. Ouça, compre, baixe e espalhe. O punk vive e resiste!


Página da banda: Señores

Baixe o disco aqui:

Ouça o disco aqui: