ALZHEIMER PODCAST

pra esquecer das coisas ruins, pra lembrar das coisas boas

MARY O AND THE PINK FLAMINGOS

Surf-punk psicodélico do jeito que diabo gosta

PAQUETÁ

O fino do surf music underground

23.7.14

Vídeo Clipes Viciantes da Semana #02




Depois de engavetar esta seção do blog (por puro esquecimento mesmo), volto para indicar bons clipes para ver, compartilhar e mostrar para boas e más amizades. Neste segundo take de indicações, (o primeiro você pode avistar aqui) apresento os bons clipes das bandas NervoChaos, Rotten Flies, Anti Corpos e Ação Direta. Logo abaixo você confere as películas das bandas citadas.


Abro os trabalhos com o clipe "The Devil's Work" da paulistana NervoChaos, cantiga que encontra-se no mais recente disco da banda, o "The Art of Vengeance". Confira a brutalidade visual e sonora.


Em seguida chego mostrando o clipe com clima de cinema horror trash da lendária banda paraibana Rotten Flies. A música escolhida foi a "Gilete de Saco", produção de alto nível e lançamento do Selo Microfonia. Bem foda o esquema.


A Anti-Corpos chega sem pedir licença com o bela película da música "Sororidade". Direção assinada por Brunella Martina, uma pá de mina no mosh, resistência feminista e hardcore/punk agressivo e de  protesto. 


E pra finalizar as dicas, a lendária Ação Direta soltou recentemente o clipe da música "Manifesto", produzido pela Kalavera Filmes e que mostra toda a força da banda nos palcos numa boa produção e captação de imagens. Veja!


Alguns clipes eu peguei de postagens dos excelentes blogs Tosco Todo e Scum Web Zine 


22.7.14

Periferia S.A. (SP) - 22 de Agosto - Capim Pub (Goiânia)



PERIFERIA S.A. (SP)

Suicídio Coletivo HC (GO)
The Squintz (DF)
Ímpeto (GO)

Data: 22 de Agosto
Horário: 19:30 Horas
Local: Capim Pub (Goiânia)
Valor: 15 conto (Entrada limita a 100 infames)
Flyer por: Rustoff

Ouça o disco "Fé+Fé=Fezes" do Periferia S.A. aqui:

Ataque Sonoro - 09 de Agosto - Old Studio (Goiânia)



Alea Jacta Est aprenta:

ATAQUE SONORO

Cedro
Murder

Señores
Coletivo Sui Generis

Dj Gez e Dj PV Mexicano mandando HC e RAP no vinil antes, nos intervalos e depois dos shows.

Dia: 09/08 (sábado)
Local: Old Studio
Entrada: 10 dinheiros.

Link do evento: https://www.facebook.com/events/546504778786908

Sobre as bandas:

Cedro


Aos sobreviventes do show que estes malucos fizeram na P.U., só se ouviu elogios, então cá estão eles iniciando as festividades do Ataque Sonoro. Thrash, covers, pinga na güéla. Já se ligou que cê tem que chegar cedo. 

Señores


Señores, uma das bandas punks mais ativas da capital, seja por sempre estarem sempre na ativa ou pelo seu ativismo político. O powertrio alucinado em Ramones embalará a noite na salinha do Marcelo, então prepare as dancinhas levadas e o dedinho indicador levantado, porque: “1 2 3 4...”. 

Murder


Est. 2008 na contramão na cena goiana, e no ano de 2014 com “nova formação” e novos projetos (finalizando o primeiro EP), aonde o hardcore, rap e metal andam como um só. Aos malucos doidos que curtem Body Count, Biohazard, Deez Nuts e Sepultura, estas que são influências nítidas no som, dançarão ao som de Saturday Night. 

Coletivo SuiGeneris 


É rima, é distorção, é pedal duplo e é scratch. É peso, mermão. O Coletivo SuiGeneris fecha a noite pra deixar os malucos com aquela dor de pescoço de tanto 'bater cabeça", porque é “Rolê no Centro” que representa.

18.7.14

Banda Lo-Fi no Catarse pra financiar o novo disco



Pois é joviais amantes da cantiga podre, a linda banda Lo-Fi está fazendo uma campanha justa e honesta no sítio conhecido como Catarse, no bom intuito de lançar o seu próximo disco, carinhosamente intitulado "Love Songs Vol. 1".
O disco leva a assinatura do grande raparigo Fábio Mozine (Läjä Golpes) na produção das cantigas e do fio de rabiola Chuck Hipolitho (Estúdio Costella) na mixagem e masterização, sendo que este poderoso trio de rock sujo pede a sua generosa ajuda para o lançamento desta bolachita sonora. 
Aos colaboradores algumas boas cortesias relacionadas à banda estão anexadas de acordo com o valor escolhido para o financiamento. Logo abaixo segue um bom cartaz educativo ensinando como colaborar para este projeto.


Agora que você já sabe dos procedimentos necessários, só resta separar um pouco do dízimo da cana alcoólica e ajudar o submundo sonoro nacional a apodrecer mais e ficar sem nenhuma gota de reputação dentro da família tradicional. O sítio da campanha segue logo abaixo.


De quebra os cabras ainda liberaram uma boa cantiga que estará no disco "Love Songs Vol. 1" para a degustação do grande público, que recebe a graça de "Camila".


Ainda falando dos bonitos paulistas, eles farão uma bela tour nos Estados Unidos da América, ao lado da incrível Water Rats. O flyer, datas e raparigagem toda da tour intitulada de "Rock Podre US Tour 2014" segue abaixo. Beijos.


16.7.14

Hellside - Extinção - Demo (2014)


Hellside é uma banda oriunda de Araraquara/SP e formada lá nos idos de 1989, fazendo sempre um som agressivo e sem rótulos. Conheci a banda através do Split com a The Still e depois de um bom tempo ausente do submundo underground, a banda voltou as atividades em meados de 2012 com a formação clássica composta por Zaba (vocal), Flávia (guitarra), Serginho (baixo) e Paulo (bateria). Neste ano de 2014 a banda soltou o novo trabalho, a excelente demo "Extinção", que conta com 5 músicas que exploram o hardcore/thrashcore/thrash metal/crossover/grindcore de uma forma bem energética e intensa. As músicas mesclam letras em português e inglês, levando a pessoa (por alguns momentos) que ouve para a boa atmosfera da sonoridade subterrânea noventista. Destaque mais que necessário para as cantigas "Extinção", "Pollution", "Homicidal Maniac" e "The Fly Is Dead", ou seja, a demo desses velhotes da cena está muito bom de ouvir. Gravação finéze, crítica social e sonoridade extrema de qualidade bem rebuscada. 

Página da banda: Hellside
Perfil da banda: Hellside

Ouça a Demo "Extinção" aqui: 

Baixe a demo aqui:

14.7.14

Metal Punk Attack #2 - Documentário



O documentário "Metal Punk Attack #2" é o segundo vídeo de uma série que tem o intuito de mostrar a cena underground nacional. Nesta edição participam as bandas Ação Tóxica (Porto Ferreira/SP), Cadibóde (Brasília/DF), Mentelibre (São Carlos/SP), Monaural (São Paulo/SP), Pedrada (Goiânia/GO) e Alerta Mental (Santa Gertrudes/SP). O evento foi realizado na cidade de São Carlos/SP e é uma produção independente da Pé de Macaco S/A, que tem a ideia de difundir e fortalecer o cenário da música independente no país. Confira o doc logo abaixo:

Detrito Acidente & Raposa Apaixonada - Split Single (2014)



Taí negada doida que acompanha este lixo de sítio, um split-single deliciosamente podre que junta as bandas Detrito Acidente e Raposa Apaixonada. Uma cantiga pra cada conjunto de cantiga feroz, sendo que a Detrito Acidente explora o skate punk da forma mais agressiva e rápida na musicóla "Mato sem Cachorro". A Raposa Apaixonada, também de Blumenóia, chega o bete nas costas de gente infame através da música "Qual é o meu nome?", com uma pegada mais voltada pro punk/hardcore. Registro rápido, cru, simples, skate/punk/hardcore aos moldes que este que aqui relata gosta e valoriza, que deixa o subterrâneo sonoro mais marginal e bom de fazer parte. Ouça e espalhe.

Página da banda: Detrito Acidente

Página da banda: Raposa Apaixonada

Ouça o split e baile infinitamente aqui:

Baixe o disco aqui:


Coletivo Pelo de Porco apresenta: Fast As Fuck - 09/08 - DCE-UFG (Goiânia)



O coletivo Pelo de Porco orgulhosamente apresenta o festival Fast as Fuck! 
Este é o primeiro festival organizado pelo coletivo, que já vem produzindo e distribuindo zines pelos bueiros da cena goianiense. O festival é produzido totalmente com base na filosofia do “faça você mesmo” e tem o intuito de agregar o maior número de desajustados sociais em um mesmo recinto, onde celebraremos a música rápida, a amizade e a união daqueles que compartilham o gosto pelo circle pit. Portanto, o evento vai além da simples proposta sonora, visando produzir um espaço coletivo amplo, onde seja produzida informação e cultura. Serão distribuídos zines, poesias e para isso, pedimos a contribuição de todos para agregar o que puder no festival, seja com zines, discos, ou qualquer produção cultural independente. KEEP FAST!

A bagunça musical vai ser composta por 5 bandas: 


Slaver (Thrash Metal/DF) 
Dead Zone (Thrash Metal de Águas Lindas)
Entre os Dentes (Crossover de Goiânia)
Sociofobia (Thrash/Speed de Goiânia) 
Dead Meat (Thrash Metal de Goiânia)

Data: 09 de agosto (Sábado)
Horário: 18 horas
Local: DCE-UFG - Setor Universitário (Goiânia)
Valor: R$ 10,00
Link do evento: https://www.facebook.com/events/597916036994554

Sobre as bandas:

Slaver : Nascida no coração do planalto central, o Slaver vem fortalecer a ponte Goiânia-Brasília com seu thrash metal totalmente old school. Tocando canções energéticas com riffs agressivos e rápidos, a banda, que recentemente lançou seu full-length, faz jus ao espírito oitentista.
http://slaver.bandcamp.com/

Dead Zone : Banda de Thrash metal de águas lindas com forte influência do thrash produzindo na bay area nos anos 80. O som é cativante, rápido e energético, capaz de produzir circle pits com velocidade a cima dos 200 km por hora.
http://www.youtube.com/watch?v=ZPzHXBRmcDs

Sociofobia Metal Punk : Banda de Metal Punk de Goiânia. Com o som calcado na velha escola, a banda traz bastante influência de bandas como Taurus e Dorsal Atlântica, produzindo um som capaz de fazer qualquer fã do metal oldschool nacional encher os olhos d’água enquanto corre pela roda.
http://www.myspace.com/sociofobia

Entre Os Dentes : Um pouco de metal com um pouco de hard core e temos uma mistura perfeita da música desgraçada que rememora os grandes ícones do crossover como The Accused e Corrosion of Conformity. http://entreosdentes.bandcamp.com/

Tirei Zero


1.7.14

Sky Down - ...nowhere (2014)


Há algum tempo atrás este blog resenhou o primeiro registro da banda Sky Down, e agora este seboso espaço de música suja volta a falar deste grupo oriundo da região do ABC paulista, especificamente Santo André, que lançou recentemente o disco "...nowhere". O registro chega ao subterrâneo sonoro nacional com um bom respaldo, primeiro pelo amadurecimento do som da banda e segundo por ter sido gravado no Estúdio Costella, sob o comando do carcaça de grilo Chuck Hipólitho.
Falando da bolacha, o redondo conta com 10 cantigas que se desprendem de estilos e rótulos. Ao ouvir, o famigerado e gostoso rock de garagem se mistura ao punk, ou o punk faz uma jam session com aquela sonoridade noventista de Seattle-Sub Pop e afins, uma mistura suja e bem feita pelo trio composto por Caio Felipe (vocal e guitarra), Tales Lobo (baixo) e André Ricardo (bateria). A sonoridade é densa e remete à ambientes apertados, pubs podres e gentes doidas, sendo direto, o som traz aquela áurea da jovialidade rebelde, do rolê com amigxs, das chapações inconsequentes e do bom espírito do rock selvagem. A capa do disco merece um bom alarde também, já que é um retrato do acervo do fotógrafo Lincoln Clarkes.
Com toda a certeza, se a banda fosse daqui da cidade, já estaria com o seu lugar cravado em festivais como o Goiânia Noise, Bananada e Vaca Amarela, estaria com residência fixa em lugares como o Metrópolis, Loop Studio, Diablo Pub e teria uma boa legião de fiéis fãs, pois o som deste power trio paulista está muito próximo da dita e conhecida Goiânia Rock City. Aqui está um ótimo disco de rock sincero, ouça.

Página da banda: Sky Down

Ouça  o disco "...nowhere" aqui:

Baixe o disco aqui:

Assista ao bom clipe da música "Liar"