ALZHEIMER PODCAST

pra esquecer das coisas ruins, pra lembrar das coisas boas

MARY O AND THE PINK FLAMINGOS

Surf-punk psicodélico do jeito que diabo gosta

PAQUETÁ

O fino do surf music underground

28.9.11

Entrevista - Marcos(Agrotóxico e Olho Seco)




Moçada bonita e querida, estou aqui pra falar que no próximo sábado(01/10/2011), o Centro Cultural Martim Cererê, localizado aqui em Goiânia, será palco da comemoração de 10 anos da Insetu's Produções, que durante esse período resistiu bravamente, remando sempre contra a maré e proporcionando ao público goianiense(repleto de picuinhas) alguns shows lendários, exemplos? Vulcano, Atack Epiléptico, Cólera, ROT, Chakal entre outros. E nesse ano de 2011 Walkir e demais cheirosos resgatam de vez a nostalgia punk, perdida no tempo, com a volta definitiva aos palcos da lendária banda paulista Olho Seco, acompanhada dos comparsas do Agrotóxico. Logo abaixo segue um papo realizado pelo pessoal da Insetu's com o guitarrista Marcos em que ele fala da expectativa do show, músicas novas, influências e coisas mais. Fiquem na paz de Jah, meus amores e uma boa leitura. Beijos.

Insetu's: Como está sendo e o que representa pra vocês o retorno do Olho Seco?

Marcos: Está sendo muito legal. É ótimo poder reviver os momentos que passamos com nossos amigos Fábio e André, tocar os sons antigos e enfim, poder fazer shows e rodar o Brasil com a banda.

Insetu's: Há mais ou menos um ano o Agrotóxico esteve em Goiânia no festival Perro Loco. O que vocês acharam deste festival e o que esperam para este evento(Insetu's Contra Atacam)?

Marcos: Foi muito legal, ótima organização, público participativo e enfim, o que um show precisa ter pra ser legal. Estamos esperando o mesmo nível da vez passada, muitas novas amizades e cervejas geladas.

Insetu's: Há bastante tempo acompanhamos a trajetória do Agrotóxico, no nosso ponto de vista trata-se de uma das bandas mais representativas e expressivas na atualidade. Como vocês encaram isso?

Marcos: Primeiramente agradecemos pelas palavras. Estamos apenas trilhando o nosso caminho, tentando abrir portas, criar novas oportunidades e enfim, interagir com o maior número de pessoas possível e fortalecer a cena punk ao redor do mundo.

Insetu's: Para quando poderemos esperar uma nova gravação com músicas inéditas do Olho Seco?

Marcos: Nossa volta é recente, à bem da verdade, Goiânia será o primeiro show e, portanto, ainda não começamos a compor nada novo, mas o que conversamos entre nós é que isso deve começar a acontecer no início de 2012 e assim, dá pra esperar algo novo ainda no ano que vem.

Insetu's: Em 1999 o Olho Seco fez sua primeira turnê européia, já existe alguma programação para uma nova turnê nesse retorno da banda?

Marcos: Por enquanto apenas especulações, mas, sem dúvida, é um plano que pode tomar corpo nos próximos meses.

Insetu's: Da década de 80, no início do Olho Seco, quais eram as dificuldades? E para os dias atuais o que mudou?

Marcos: Essa pergunta deveria ser respondia pelo Fábio, o único remanecente dessa época, mas posso te dizer que a falta de estrutura, a desorganização, a falta de espaços e as brigasrecorrentes eram provavelmente os maiores problemas da época.

Insetu's: Quais são as influências do Agrotóxico, e como os membros contribuem com a banda?

Marcos: As influências mudam de acordo com o que você vai ouvindo no decorrer dos anos, mas acho que as bandas filandesas como Rattus, Lama, Appendix e outras, Varukers, GBH, Asta Kask estão entre as principais.

Insetu's: O que vocês conhecem e esperam da cena goina?

Marcos: Particularmente eu, Marcos, me lembro de grnades bandas como Desastre e HC 137. Nossa rápida passagem por Goiânia nos deixou a impressão bem legal, a qual esperamos rever.

Insetu's: O que está significando pra vocês, este retorno junto ao Olho Seco?
Marcos: Motivo de orgulho e alegria. Muito antes de tocarmos com o Olho Seco, éramos fãs da banda e, portanto, hoje fazer parte dela é gratificante.

Insetu's: Nós da Insetu's agradecemos pela entrevista, e deixamos este espaço aberto a vocês...

Marcos: Agradecemos pelo espaço, pelo convite e pelo aniversáiro da produtora. Torcemos para que a cena goiana se fortaleça ainda mais e contamos com o apoio e a presença de todos. Up the Punx!

Vídeo de divulgação dos 10 anos de Insetu's Produções.


R.I.P. Redson Pozzi(Cólera)





Uma música, um côro, um refrão, um acorde, o Cólera não foi simplismente uma banda punk de protesto, foi além, foi e é uma filosofia de vida para muitos, seja através das letras que sempre passaram uma mensagem de esperança, de luta e de não se render ao inimigo, seja pelo fato de instigar a mente de quem ouve as cantigas. E por trás disso tudo estava o incansável, humilde e humano, acima de tudo, Redson Pozzi, pessoa que mudou o rumo da vida de milhares de jovens sem rumo de tantas periferias espalhadas por esse Brasil, mudou através da música, usando o punk como uma ponte sem fim para expor sua revolta, sua ira contra o sistema, contra os políticos e a favor da massa, dos oprimidos, daqueles que passam fome e frio, que escondem as frustrações atrás de drogas baratas. Redson nos deixou, e deixou mais, a lição de que não se render a ninguém, lutar e acreditar nos sonhos, ter esperança de um mundo melhor é sempre possível. Obrigado por tudo Redson Pozzi, ou simplismente Redson, descanse em paz.


21.9.11

Leptospirose - Aqua Mad Max (2011)





Ando meio sumidex da parada, né, cambada de fresco! Pois é, depois de muito forró quenguêro nos lyndos cabarés de Aparecida de Goiânia, noitólas nas ruas do centro de Goiânia junto com mendigos e "tinêros" vigiando carros pra arrumar um troco para a minha pedra e o carotim de catuaba diário, voltei pra você, para os empenados, para as sebosas piriguetes caroneiras de mobilete aspirada com cromo finése e demais bacharéis renomados. E nessa volta irei postar uma belezura de registro, mais lindo que pegar eixão ao meio-dia com assaduras na região das nádegas, falo do novo registro dos paulistas do Leptospirose. "Aqua Mad Max" lançado neste lyndo ano é daqueles registros que tu perde o folêgo fácil, mas não perde a vontade de escutá-lo novamente. São 19 cantigas de caráter tosco bem feito, algo que faria descer lágrimas até de Charles Bronson, criatura de um sentimentalismo único. Destaque fudido para a capa, encarte, letras, nomes das canções(mijei litros com o título das sinfonias...) e pelo lyndo, elegante e antenado na moda in, o vocalista Quique Brown, que jogou na presa esse delicioso registro. Aliás, posso dizer que atualmente o Leptospirose tá com um dos melhores shows da cena, bailante do começo ao fim. E se você está com problemas sérios com a bebida, não consegue ficar um dia sem virar dezenas de tampas de frande, joga na pindureta até seus galos de briga, pois bem, vou passar uma simpatia para que você cure de vez esse infame vício que tanto te deixa pelado rebolando nas ruas, doido e sem noção das coisas. Compre uma garrafa de pinga bem barata e uma sardinha pequena. Coloque a sardinha dentro da garrafa e deixe curtir por 6 meses. Após esse período toda as vezes que você sentir vontade de beber, coloque um pouco dessa dose e passe na nuca e pulsos, como se fosse um belo perfume. Faça isso durante 3 meses, com isso ninguém irá te suportar pelo "delicioso" odor, nem mesmo você suportará a imensa carniça em que seu ser virará e consequentemente esse vício sumirá de vez. Beyjos e até mais, meus queridos!

Myspace: Leptospirose

Download:
Leptospirose - Aqua Mad Max (2011)

13.9.11

Coerência - Viver e Navegar - EP (2011)




Coerência é uma banda de hardcore melódico da nova geração daqui de Goiânia. Quatro lindos jovens, coerência na postura e fidelidade no som são algumas caracteristicas boas que os bonitos possuem. Se tu passa mal ouvindo "Ordinary" do Face to Face ou "Said Gun" do Embrace, com certeza você vai amar o novo EP da banda, soltado esse ano e intitulado "Viver e Navegar", registro que contém 3 cantigas que resgatam com muita qualidade e originalidade o hardcore melódico old school, sem choradeira e com mensagens relevantes , algo que é bastante louvável nos dias atuais. Destaque mais que merecida para a música "For You", tá tesão demais a pegada da música, o vocal que antes incomodava um pouco, hoje é um forte destaque da banda e os côros que dão uma pressão muito foda na cantiga. O registro é tão bom, que ao ouvir você fica com a sensação de querer escutar mais músicas. Gravação finése e o conjuto musical se apresentando ao vivo tá melhor que qualquer forró risca faca/quenguêro que rola na Casa de Dona Rosa, ainda mais com os pulos a lá Raul Gil do querido e amado baixista da banda XKatiraX. E como o hardcore melódico por sua essência envolve muito sentimento, vou passar aqui uma simpatia pra você minha linda que já não aguenta mais ser chamada de tia por não arrumar um moçoilo, só porque você é vesga, fala fanho e tem verruga no canto esquerdo do buço. Bom, na última sexta-feira do mês em que tu for fazer a simpatia, próximo da meia-noite, desfolhe uma rosa vermelha e escreva em nove pétalas, com o espinho da própria rosa, a palavra CASAMENTO (uma letra em cada pétala). Em seguida coloque as pétalas em uma vasilha cheia de álcool do posto e deixe ao relento. De manhã jogue o líquido no buêro mais próximo e seque as pétalas e solte-as ao vento, arrume 3 jatobás maduros e ande com eles dentro de sua bolsa durante 1 semana até o cheiro começar a incomodar quem estiver por perto de ti. Pronto, seu príncipe irá aparecer quando você menos esperar. Beijos meus amores e ouça esse lindo registro!


Myspace: Coerência

Download:
Coerência - Viver e Navegar - EP (2011)