ALZHEIMER PODCAST

pra esquecer das coisas ruins, pra lembrar das coisas boas

MARY O AND THE PINK FLAMINGOS

Surf-punk psicodélico do jeito que diabo gosta

PAQUETÁ

O fino do surf music underground

22.7.11

Manduca Na Roça - Adoração Ao Fim Do Mundo - Demo





Manduca Na Roça ou M.R.N. para os mais chegados é uma banda oriunda da querida Belém do Pará, formada em meados de 2009 e que dissemina o grindcore/goregrind por aquelas bandas do norte do país. Os joviais são fortemente influenciados pelo grind oldschool e pelo goregrind a lá Spasm e Carnal Diafragma, daí tu já tem idéia da "cabarézage" que é o som desses bacharéis. "Adoração Ao Fim Do Mundo" é uma demo que contém 7 lindas cantigas, rápidas como um peido de moça virgem, que abordam temas como ateísmo e necrofilia. O som é bem pai d'égua e aconselho você escutar essa pureza em forma de música apreciando dezenas de "tampa de frande" com os demais parceiros de sindicato, aqueles que vão para a "luta" logo pela manhã. Quanto mais buneco você fica, mais você idolatra esse som. Beijos, meus queridos.



Download:

18.7.11

Os Proletas - Demo




Véi, vou postar aqui uma banda que achei por acaso e gostei muito, tô falando de Os Proletas, uma das primeiras bandas de punk de Maringá-PR, existiu entre 1989-1994 e tinha nos vocais o gostoso do Mamá, atual vocal da também CUritibana Teu Pai Já Sabe?. Não sei ao certo o ano de lançamento da demo, só sei que está com uma qualidade bem boua, possui 14 cantigas(versões para músicas do Cólera, 365 e Olho Seco) que abordam diversos temas em suas letras, que falam desde a luta do proletariado até a luta pelas terras. Se tu gosta das bandas punks oitentistas nacionais, essa banda é uma ótima pedida, vai fazer você dar róis no chão do quarto de tanta fissura. Esse post vai especialmente para Muhamad, vocal da banda de Aparecida de Goiânia Abalo Sísmico, de espírito punk até o osso, torcedor fanático do Goiás e um dos nossos! É isso, beijos meus amores.


Myspace: Os Proletas(Não...)

Download:

17.7.11

Like A Texas Murder - Tudo De Ruim (2011)



Like A Texas Murder é uma banda de hardcore oriunda da cidade de Santos-SP. Os moços possui em seu som uma forte influência do NYHC e nesse ano de 2011 soltaram seu segundo registro, intitulado "Tudo De Ruim", disco esse mandado pela própria banda para esse podre blóg. A bolacha contém 9 músicas que abordam temas como a violência, tráfico e as neuroses que esse mundo nos oferece. Gostei muito da terceira faixa "Choveu Fudeu", que tem uma pegada muito rápida, com vocais delicadamente gritados, enfim, o disco todo é bem gostoso de ouvir, suave aos ouvidos. Outro destaque vai para a linda capa, coisa de você ficar apreciando toda vez que for cagar naquele banheiro imundo de sua casa. E assim, se quando criança você era aquele satanás artêro que bebia da água benta do padre, amarrava latinha no rabo do gato, à noite assustava os mais velhos com as "cobras" feitas de cinto de couro roubada do pai, simplificando, se você era daqueles que sapecava o cu dos cães de rua com plástico queimado, tomava banho com água de esgoto, fato semelhante ao desse lyndo vídeo, rapaz..., esse bonito registro é pra você, que hoje já crescido mora em um puxadinho com a mulher e os seus 7 filhos e que adora ficar bunitim de cana em botecos de ruas sem asfalto. Beijos.

Download:

14.7.11

Cash For Chaos - Pour Salt On Old Wounds(2004)





Cash For Chaos é uma banda surgida no meio da década de 90 aqui na nossa querida província Goiânia. O que eu posso dizer da banda? Posso relatar que ouvi muito o primeiro registro dos rapazes, o "Step Ahead" fez muito minha cabeça em uma época que materiais de conjuntos daqui eram bem escassos, você tinha que ir aos shows e tal, para se informar e manter-se antento acerca da então dita "cena". Pra minha grata surpresa, recebi esses dias o segundo registro dos joviais em mãos(cedido gentilmente pela One Voice),falo da bolachinha "Pour Salt On Old Wounds", disco esse com uma pegada bem NYHC, aos moldes de Sick Of It All, Agnostic Front, MadBall e coisas do gênero. Guitarras pesadas e bem trabalhadas, vocal por vezes falado, com os coros característicos do estilo, porém com a originalidade da banda. São 9 faixas, todas em inglês que irá fazer a cabeça dos amantes de "catar banana" no chão, sim..., aqueles que socam o ar sentido asfalto, parecendo que sempre estão pegando algo. O registro está com uma qualidade impecável e é uma boa pedida pra você que é chegado no naipe desse tipo de som. E é o seguinte, você que já foi um menino muito artêro, cultivou aquela barriguinha de verme e que passou por humilhações do naipe de ficar pelado agachado em uma bacia com leite quente para que as lumbrigas saíssem pelo miolo do agregador(quem não se lembra do clássico episódio do homem grávido no Programa do Ratinho) e que hoje cultiva um corpo bombado, paga de hardcore "dumal" simplismente pra superar tais traumas proporcionados por aquela sua tia interiorana residente da conhecida Gameleira de Goiás, saiba que entendemos seu drama, mas não aceitamos sua postura violenta, roda é lugar para diversão, não para extravasar frustrações através de socos e chutes! Beijos amores.

Myspace: Cash For Chaos

Download:
Cash For Chaos - Pour Salt On Old Wounds(2004)

13.7.11

Sepultura - Beneath The Remains (1989)





Olá queridos e queridas, o post de hoje é uma singela homenagem do blog ao dia mundial do róck, estilo de música que a sociedade tanto odeia e que estraga a vida de milhões de jóvens. E o disco escolhido para essa tosca lembrança é um clássico do Sepultura (da época do Max, claro!), falo do "Beneath The Remains", quarto disco do conjunto mineiro e o primeiro lançado pela monstra Roadrunner e que deu o início para a projeção mundial dos rapazes. O disco é de 1989 e que ganhou uma nova edição em 1997. A bolacha marca o inicío das músicas mais elaboradas, a banda assume de vez o thrash metal, as letras são bem mais políticas e críticas, ou seja, discão lindo do começo ao fim e que estragou a mente de milhares de infelizes Brasil e mundo afora. Como hoje é o dia mundial do róck, postei esse disco pra você lembrar de sua iniciação nesse estilo que muitos pais abominam, da época em que você ostentava aquela camisa do Guns n' Roses comprada na feira hippie com muito custo, da sua jaqueta xadrez influenciada pelo grunge e pelo Nirvana, das suas revistas Rock Brigade, Metal Head que sua querida mãe rasgava, queimava falando que aquilo era coisa de satanás, de seu primeiro moicano punk e que por conta disso levou uma sova servida de cabo de aço de seu pai, da sua ida escondida à shows em uma época que não tinha celulares e que seus pais te procuravam até no IML, de suas tatuagens de caneta no braço escrito "Metallica", de seus discos do Iron Maiden quebrados por sua avó evangélica pentencostal, dos inúmeros pôsters na parede do quarto que passeavam desde Suicidal Tendencies à Poison com a mesma dignidade e verdade que você hoje assume ser "grindêro" dos troo... enfim, coisas boa e ruins, da época do walkman de fita, do skate marginalizado, do primeiro All Star, do primeiro mosh, do primeiro hematoma, da primeira vez que você furou a orelha e seu pai te expulsou de casa...enfim, hoje é dia de relembrar de todas as histórias hilárias que você passou por conta do róck, dos amigos feitos, das tretas adquiridas e que hoje você olha e vê que tudo valheu à pena, que se hoje você é um crust seboso que cultiva casca na bunda é porquê lá atrás tu começou ouvindo as farofas que hoje você tem vergonha de assumir...portanto pegue seu litro de amargosa de raízes, coloque seu vinil raro no seu som CCE, aumente o pitoco do som e chore que nem um bezerro desmamado, porque hoje é o dia! Beijos.


Myspace: Sepultura

Download:

12.7.11

Teu Pai Já Sabe? - Blasfêmia Pouca É Bobagem!!!!! - Demo(2009)





E aí negadis, tudo finése? É o seguinte, Teu Pai Já Sabe? é oriunda de Curitiba-PR e é um dos principais nomes da cena queercore nacional. Não sabe o que é queercore? É hardcore/punk anta a voltado para as temáticas gays nas letras, atitudes e no dia-a-dia no combate à homofobia. A banda levanta/abraça/luta por essa linda causa em uma cidade conhecida pelos nazis existentes e pela sociedade conservadora. "Blasfêmia Pouca É Bobagem!!!!!" é uma demo dos lyndos soltada em 2009 e contém 6 bonitas cantigas rápidas, que abordam acima de tudo o respeito e a liberdade de escolha do ser humano. A banda é simplismente linda, se você gosta de Limp Wrist, Youth Of Today, Dominatrix e coisas do gênero, é uma pessoa de mente aberta que aprendeu dentro do punk a respeitar as diferenças, o som da banda é uma ótima dica. E você, tosco "machão", que só exala preconceito e intolerância desse seu rabo sujo aonde quer que passe, que sozinho é só mas um merdinha do sistema, mas que em bando se torna um peito de aço que pratica atos toscos contra negros, nordestinos, gays, mulheres... saiba que esse blog não é pra você, aliás, esse blog deseja no fundo do coração que pessoas com esse tipo de atitude e pensamento morram da pior forma e o mais rápido possível, pois em um mundo que nos proporciona milhares de desgraças como a fome, desemprego, abandono, guerras... se preocupar com sexo, cor ou opção sexual é algo que se deve recriminar a qualquer custo e para a gente através de qualquer meio necessário, certo? Beijos mil, meus amados, boa audição!

Obs.: Esse disco mereceu uma nova postagem, primeiro pra ter um texto "decente" e segundo porque nas últimas semanas andamos presenciando atitudes ridículas de pessoas próximas perante a causa gay. É isso.


Myspace: Teu Pai Já Sabe?

Download:
Teu Pai Já Sabe? - Blasfêmia Pouca É Bobagem!!!!! - Demo(2009)

9.7.11

Trancarua & Discrepante - Split(2011)





E aí negadis, tudo na paz do senhor? Pois bem, eis que chegou em minhas delicadas e sebosas mãos esse split que reúne duas bandas lascadas de bouas lá da caótica São Paulo, falo das orquestras sinfonicas Trancarua e Discrepante. Trancarua está na ativa desde 2005 e carrega consigo a idéia libertária do punk/hc em suas músicas ligeiramente rápidas, que abordam todo o sofrimento da classe operáriadesse país. Já o Discrepante (r)existe desde 1997 e faz uma mescla do punk/hc, anarcopunk e o crustcore/d-beat, tirando em suas cantigas uma sonoridade altamente agressiva, suja e exaltando letras libertárias. São 9 bonitas cantigas que cada conjunto declama com muito amor e se você é um rapaz que veio do interior, que não tem educação suficiente para se portar em certos ambientes, sempre avacalha o banheiro alheio, só usa calça de tergal com sandália rasteira e sempre paga uma viagem no coletivo para ir de um ponto final ao outro querido frango da orêia lascada, infeliz das costa ôca, fi da peste, ouça esse lindo registro e piore de vez sua tosca vida pacata que consiste ainda em jogar intermináveis partidas de dominó na calçada da Casa de Apoio de Mozarlândia. Beijos meus queridos.


Myspace: Trancarua

Myspace: Discrepante

Download:

7.7.11

Under The Ruins - Um Faroeste Sobre O Terceiro Mundo(2010)



Under The Ruins é uma banda formada em 2006 por elementos oriundos das cidades satélites do Distrito Federal. Com o intuito de fazer um som influenciado por bandas de hardcore nacional como Ratos de Porão e também por bandas sujas japonesas do naipe de Disclose, o Under The Ruins mostra um som agressivo, sujo, com letras bem niilistas que falam da relação do cidadão com esse mundo violento, das guerras civis, da decadência humana, nunca levantando bandeiras ou abraçando causas, apenas passando a mensagem da indignação e da liberdade. "Um Faroeste Sobre O Terceiro Mundo" é uma demo dos lindos soltada em 2010, contendo 9 músicas(um cover do Disclose) muito bem gravadas, com um vocal bem apocalíptico. Lembrando que a demo foi enviada pelo vocal da banda, Felipe, portanto fica aqui o nosso tosco agradecimento à esse bonito ser humano. Se você era um daqueles moleques satanistas que dava "róis" no chão quando via as vizinhas bronzearem no quintal, colocava plástico queimado na bunda do amiguinho gordo, cruzava os dedos mindinhos com o outro amigo demoníaco quando um vira-lata começava a cagar para que o mesmo não parasse mais de defecar durante o resto do dia, jogava gato na rede elétrica e que hoje, marmanjo que é, dança forró em rodas de hardcore, bebe até o cu fazer bico e odeia indies que bebem cerveja Crystal de forma elegante como se estivessem degustando uma Schofferhofer, então meu querido, esse post e registro vai com todo o carinho do mundo para ti, guerreiro que ainda possui o velho hábito de larapiar bombons das lojas americanas. Beijos.


Myspace: Under The Ruins

Download:
Under The Ruins - Um Faroeste Sobre O Terceiro Mundo(2010)

6.7.11

Repúdio CxGx - Demo





Repúdio CxGx é uma banda lá de Campo Grande(Campo Grind)-MS formada em meados de 2005. A influência sempre partiu do punk, aos moldes de Cólera, Olho Seco e demais bandas precursoras do estilo aqui no país. O som dos joviais é uma boa mescla do punk/hardcore com o thrash/crust, fazendo um som altamente agressivo com letras que falam do caos social em que vivemos, da sociedade hipócrita e racista na qual fazemos parte, do sistema desigual que mata nosso povo a cada minuto que passa, dentre outras mazelas. "Repúdio CxGx" é a mais recente demo dos joviais, contendo 11 cantigas, com direito a uma versão para "Botas, Fuzis e Capacetes" da lenda punk Olho Seco, além de possuir colagens muito interessantes do curta "O Dia Em Que Dorival Encarou O Guarda" de Jorge Furtado. O registro está com uma qualidade de som, capa e encarte muito boa, e que você pode adquirir com o amigo e vocal da banda Alysson(que hoje reside no inferno dessa capital provinciana chamada Goiânia) através dos contatos de fotolog, twitter ou mesmo no próprio email do selo do cabra(dinno_discos@hotmail.com). Se você é desses que enfrenta bravamente moças ligeiramente obesas que adentram no interior do coletivo ostentando aqueles piercings estilo lustre no umbigo, o cabelo repleto de kolene, que possui pontos pretos no suvaco e que "discolóri" com água oxigenada até os cabelos da sobrancelha, amigo guerreiro do estômago de zinco que bebe doses de amargosa de raiz para curar esse infame frio que tanto assola nossos bacharéis que se aglomeram nas grades dos terminais para fazer aquela resenha de fim de tarde, ouça esse lindo registro e esquente um pouco seu ouvidor de rádio AM. Beijos!



Myspace: Repúdio CxGx

Download:

4.7.11

Discrepante - Ao Meu Povo - EP(2009)




Discrepante é uma banda formada lá nos perdidos de 1997 na cidade de São Paulo. Os lindos foram influenciados basicamente pelo punk, anarcopunk e crustcore, o que resultou numa mescla finése do d-beat com o crust. Agressividade, protesto, letras libertárias e fidelidade ao estilo é o que você vai encontrar no som desse bonito conjunto de música rápida. "Ao Meu Povo" é um EP de 2009 e contém 2 gostosas cantigas que não passam de 2 minutos. Esse som vai em especial pra você que cresceu dentro de um de nossos pontos turísticos da capital, falo do eixão, lindo sanfonão que abriga pessoas de vários tipos, desde o ceguinho multi-uso que vende tampa de pia à fixador barato de dentatura até o Messias Gabriel e seu lindo violão de duas cordas. Pode citar também que o coletivo é ponto de prática para iniciantes em pequenos furtos, abriga nóias, putas, bêbados, moradores de Cromínia, ambulantes que vendem ovos coloridos e até vendedores de fezes artesanais. Enfim, o registro é lindo. Beijos.


Myspace: Discrepante

Download:

1.7.11

Phobia Punk Rockers & A.R.D - Vida Punk - Split(2010)







Sexta-feira, dia em que peão miguela na obra a partir das 15 horas e demora 3 horas pra colocar um tijolo com reboco na lateral da parede até o ponteiro pingolar no número 6 do relógio de parede da ultragás e alegria tomar conta daqueles corpos de cor cinzentada que nunca viu um creme monange na vida, apenas sabonete Iara. Pois bem, nesse contexto posto um split em homenagem à essa classe que a cada dia cresce mais que bilôla de gordinho tarado criado em convento de interior. O disco vêm com as participações da banda punk paulista Phobia Punk Rockers e a lenda candanga A.R.D. Pra quem gosta do punk simples e direto aos moldes de Replicantes, Cólera, Olho Seco, The Clash, UK SUBS e demais conjuntos, o grupo paulista formado em 1993 irá agradar muito à você, punk seboso que ainda cultiva a doce rotina de cheirar tiner da marca Dum Dum e beber pingorante em saquinho de laranjinha. Do outro lado da face aparece a lenda A.R.D, banda punk oriunda do Gama e ativa desde 1984 que carrega consigo a bandeira de alertar sobre os crimes ambientais, combate ao capitalismo e sempre abordando em diferentes línguas, outra forte caractéristica do conjunto. Posso dizer que "Vida Punk" é uma baita registro e fica aqui o nosso agradecimento ao vocalista do A.R.D, Gilmar, que nos cedeu gentilmente esse registro para postar aqui no blog em uma gig organizada aqui na capital pelo guerreiro Natal Daris, que dentre outras funções possui o blog Paranoid Zine. Enfim, ouça, é um belo registro para os amantes do verdadeiro punk. Beijos


Myspace: Phobia Punk Rockers

Myspace: A.R.D

Download: