28.9.11

Entrevista - Marcos(Agrotóxico e Olho Seco)




Moçada bonita e querida, estou aqui pra falar que no próximo sábado(01/10/2011), o Centro Cultural Martim Cererê, localizado aqui em Goiânia, será palco da comemoração de 10 anos da Insetu's Produções, que durante esse período resistiu bravamente, remando sempre contra a maré e proporcionando ao público goianiense(repleto de picuinhas) alguns shows lendários, exemplos? Vulcano, Atack Epiléptico, Cólera, ROT, Chakal entre outros. E nesse ano de 2011 Walkir e demais cheirosos resgatam de vez a nostalgia punk, perdida no tempo, com a volta definitiva aos palcos da lendária banda paulista Olho Seco, acompanhada dos comparsas do Agrotóxico. Logo abaixo segue um papo realizado pelo pessoal da Insetu's com o guitarrista Marcos em que ele fala da expectativa do show, músicas novas, influências e coisas mais. Fiquem na paz de Jah, meus amores e uma boa leitura. Beijos.

Insetu's: Como está sendo e o que representa pra vocês o retorno do Olho Seco?

Marcos: Está sendo muito legal. É ótimo poder reviver os momentos que passamos com nossos amigos Fábio e André, tocar os sons antigos e enfim, poder fazer shows e rodar o Brasil com a banda.

Insetu's: Há mais ou menos um ano o Agrotóxico esteve em Goiânia no festival Perro Loco. O que vocês acharam deste festival e o que esperam para este evento(Insetu's Contra Atacam)?

Marcos: Foi muito legal, ótima organização, público participativo e enfim, o que um show precisa ter pra ser legal. Estamos esperando o mesmo nível da vez passada, muitas novas amizades e cervejas geladas.

Insetu's: Há bastante tempo acompanhamos a trajetória do Agrotóxico, no nosso ponto de vista trata-se de uma das bandas mais representativas e expressivas na atualidade. Como vocês encaram isso?

Marcos: Primeiramente agradecemos pelas palavras. Estamos apenas trilhando o nosso caminho, tentando abrir portas, criar novas oportunidades e enfim, interagir com o maior número de pessoas possível e fortalecer a cena punk ao redor do mundo.

Insetu's: Para quando poderemos esperar uma nova gravação com músicas inéditas do Olho Seco?

Marcos: Nossa volta é recente, à bem da verdade, Goiânia será o primeiro show e, portanto, ainda não começamos a compor nada novo, mas o que conversamos entre nós é que isso deve começar a acontecer no início de 2012 e assim, dá pra esperar algo novo ainda no ano que vem.

Insetu's: Em 1999 o Olho Seco fez sua primeira turnê européia, já existe alguma programação para uma nova turnê nesse retorno da banda?

Marcos: Por enquanto apenas especulações, mas, sem dúvida, é um plano que pode tomar corpo nos próximos meses.

Insetu's: Da década de 80, no início do Olho Seco, quais eram as dificuldades? E para os dias atuais o que mudou?

Marcos: Essa pergunta deveria ser respondia pelo Fábio, o único remanecente dessa época, mas posso te dizer que a falta de estrutura, a desorganização, a falta de espaços e as brigasrecorrentes eram provavelmente os maiores problemas da época.

Insetu's: Quais são as influências do Agrotóxico, e como os membros contribuem com a banda?

Marcos: As influências mudam de acordo com o que você vai ouvindo no decorrer dos anos, mas acho que as bandas filandesas como Rattus, Lama, Appendix e outras, Varukers, GBH, Asta Kask estão entre as principais.

Insetu's: O que vocês conhecem e esperam da cena goina?

Marcos: Particularmente eu, Marcos, me lembro de grnades bandas como Desastre e HC 137. Nossa rápida passagem por Goiânia nos deixou a impressão bem legal, a qual esperamos rever.

Insetu's: O que está significando pra vocês, este retorno junto ao Olho Seco?
Marcos: Motivo de orgulho e alegria. Muito antes de tocarmos com o Olho Seco, éramos fãs da banda e, portanto, hoje fazer parte dela é gratificante.

Insetu's: Nós da Insetu's agradecemos pela entrevista, e deixamos este espaço aberto a vocês...

Marcos: Agradecemos pelo espaço, pelo convite e pelo aniversáiro da produtora. Torcemos para que a cena goiana se fortaleça ainda mais e contamos com o apoio e a presença de todos. Up the Punx!

Vídeo de divulgação dos 10 anos de Insetu's Produções.


4 comentários: