13.7.11

Sepultura - Beneath The Remains (1989)





Olá queridos e queridas, o post de hoje é uma singela homenagem do blog ao dia mundial do róck, estilo de música que a sociedade tanto odeia e que estraga a vida de milhões de jóvens. E o disco escolhido para essa tosca lembrança é um clássico do Sepultura (da época do Max, claro!), falo do "Beneath The Remains", quarto disco do conjunto mineiro e o primeiro lançado pela monstra Roadrunner e que deu o início para a projeção mundial dos rapazes. O disco é de 1989 e que ganhou uma nova edição em 1997. A bolacha marca o inicío das músicas mais elaboradas, a banda assume de vez o thrash metal, as letras são bem mais políticas e críticas, ou seja, discão lindo do começo ao fim e que estragou a mente de milhares de infelizes Brasil e mundo afora. Como hoje é o dia mundial do róck, postei esse disco pra você lembrar de sua iniciação nesse estilo que muitos pais abominam, da época em que você ostentava aquela camisa do Guns n' Roses comprada na feira hippie com muito custo, da sua jaqueta xadrez influenciada pelo grunge e pelo Nirvana, das suas revistas Rock Brigade, Metal Head que sua querida mãe rasgava, queimava falando que aquilo era coisa de satanás, de seu primeiro moicano punk e que por conta disso levou uma sova servida de cabo de aço de seu pai, da sua ida escondida à shows em uma época que não tinha celulares e que seus pais te procuravam até no IML, de suas tatuagens de caneta no braço escrito "Metallica", de seus discos do Iron Maiden quebrados por sua avó evangélica pentencostal, dos inúmeros pôsters na parede do quarto que passeavam desde Suicidal Tendencies à Poison com a mesma dignidade e verdade que você hoje assume ser "grindêro" dos troo... enfim, coisas boa e ruins, da época do walkman de fita, do skate marginalizado, do primeiro All Star, do primeiro mosh, do primeiro hematoma, da primeira vez que você furou a orelha e seu pai te expulsou de casa...enfim, hoje é dia de relembrar de todas as histórias hilárias que você passou por conta do róck, dos amigos feitos, das tretas adquiridas e que hoje você olha e vê que tudo valheu à pena, que se hoje você é um crust seboso que cultiva casca na bunda é porquê lá atrás tu começou ouvindo as farofas que hoje você tem vergonha de assumir...portanto pegue seu litro de amargosa de raízes, coloque seu vinil raro no seu som CCE, aumente o pitoco do som e chore que nem um bezerro desmamado, porque hoje é o dia! Beijos.


Myspace: Sepultura

Download:

4 comentários: